WhatsApp Twuitter

Quarta, 14 de fevereiro de 2018, 15h15

gratificação econômica

Argentina oferece R$ 16 milhões para quem encontrar submarino desaparecido


A Argentina oferecerá 98 milhões de pesos (cerca de R$ 16 milhões) para quem "fornecer informações e dados úteis" para encontrar o submarino San Juan, que desapareceu no última dia 15 de novembro com 44 tripulantes a bordo, anunciou o governo nesta quarta-feira através do Diário Oficial do Estado. A informação é da EFE.

Divulgação/ Marinha da Argentina

A recompensa poderá incentivar a busca do submarino argentino ARA San Juan

"É pertinente a fixação de uma gratificação econômica para quem oferecer informações e dados úteis que permitam chegar ao paradeiro e a localização precisa do submarino San Juan", indicou o Ministério da Defesa na resolução antes de indicar o valor.

Com esta recompensa, o governo pretende incentivar a participação do setor privado em uma busca que até agora registrou resultados "infrutíferos", apesar de contar com esforços "materiais, humanos, econômicos e tecnológicos" e com "compromisso e perícia tecnológica e material", avalia o texto.

Quem tiver informações deverá especificar "o relatório integral da busca" com as caraterísticas do equipamento utilizado, dados brutos e processados e vídeos, fotos e mosaicos fotográficos georeferenciados derivados da localização do submarino, entre outros.

O presidente da Argentina, Mauricio Macri, já tinha anunciado no dia 6 de fevereiro aos familiares dos desaparecidos que ofereceria uma "recompensa milionária" a quem achasse a embarcação, mas até hoje não tinha sido publicado o valor em nenhum veículo de imprensa oficial.

O ARA San Juan estabeleceu sua última comunicação, enquanto viajava do porto de Ushuaia até sua base, na cidade de Mar del Plata. Durante as primeiras semanas de buscas para encontrar o submarino, países como Estados Unidos e Reino Unido ofereceram ajuda, e atualmente apenas a Rússia continua colaborando com a Argentina para localizar o San Juan. 



// matérias relacionadas

Quarta, 15 de agosto de 2018

16:31 - Senado adia debate sobre buscas em imóveis de Cristina Kirchner

Segunda, 13 de agosto de 2018

16:04 - Cristina Kirchner nega ter relação com casos de corrupção na Argentina

Sexta, 10 de agosto de 2018

15:33 - Guardiola nega ter sido procurado pela Argentina; 'Ninguém falou comigo'

Quarta, 08 de agosto de 2018

15:05 - Senado argentino decide sobre aborto até 3,5 meses; tendência é de rejeição

11:34 - China anuncia tarifas de 25% sobre US$ 16 bi em produtos dos EUA

Terça, 07 de agosto de 2018

17:16 - Senado da Argentina se divide sobre descriminalização do aborto

15:07 - Ex-vice argentino é condenado a mais de 5 anos por corrupção

Segunda, 25 de junho de 2018

09:05 - Greve geral na Argentina atinge vários setores e envolve sociedade civil

Sábado, 16 de junho de 2018

10:00 - Conheça a cidade da Argentina que tem apenas um habitante

Quarta, 13 de junho de 2018

09:41 - Lei do aborto começa a ser votada nesta quarta-feira na Argentina


// leia também

Domingo, 19 de agosto de 2018

16:00 - Na França, 840 pontes correm o risco de desabar, segundo auditoria

09:54 - Trump volta a negar conluio com Rússia e critica jornal

09:33 - Chuvas de monção matam mais de 350 e forçam 800 mil a deixar casas na Índia

Sábado, 18 de agosto de 2018

13:00 - Plano de Alckmin prevê mais poderes na Fazenda

11:11 - Morre Kofi Annan, ex-secretário-geral da ONU

10:41 - No Twitter, Trump reafirma que país tem feito 'grandes acordos comerciais'

Sexta, 17 de agosto de 2018

15:34 - Alemanha faz acordo com Grécia para barrar imigrante com pedido de asilo aberto

13:36 - Secretaria de saúde na Colômbia recomenda não fazer sexo durante onda de calor

10:55 - Acidente de ônibus deixa 16 feridos no norte da Alemanha

09:07 - Ameaças de bomba afetam 8 voos e prejudicam 400 passageiros no Chile