WhatsApp Twuitter

Segunda, 16 de abril de 2018, 10h38

Ministro russo diz que inspetores não podem acessar a Síria sem permissão da ONU


O vice-ministro do Exterior da Rússia, Sergei Ryabkov, afirmou nesta segunda-feira que a equipe da Organização para Proibição de Armas Químicas (OPCW, na sigla em inglês) não pode acessar a área em que teria acontecido um ataque químico na Síria sem a permissão da Organização das Nações Unidas (ONU).

Respondendo a perguntas sobre se a OPCW teria sido proibida de entrar em Duma, cidade onde teria ocorrido o ataque, Ryabkov disse que a missão não foi permitida porque não havia aprovação do Departamento de Segurança e Proteção da ONU. Os comentários do vice-ministro indicam o que poderia ser uma tentativa de barrar a visita da OPCW.

Mais cedo, a Embaixada da Rússia na Holanda, onde a OPCW é sediada, havia reforçado seu comprometimento em deixar a organização fazer o seu trabalho e que não iria interferir.

Ao menos 40 pessoas teriam morrido no ataque em Duma, que, até esse fim de semana, era a última cidade tomada por rebeldes fora da capital Damasco.



// matérias relacionadas

Sábado, 21 de abril de 2018

12:30 - Rebeldes sírios deixam mais três cidades e governo assume regiões

09:34 - FBI oferece recompensa de US$ 1 mi por jornalista desaparecido na Síria

09:30 - Síria - EUA abandonaram Raqqa após vitória na cidade, dizem moradores

Terça, 17 de abril de 2018

09:09 - Ofensiva na Síria foi resposta necessária a ataque com armas químicas, diz G-7

Segunda, 16 de abril de 2018

13:05 - Ações militares na Síria foram tomadas como último recurso, diz Theresa May

Domingo, 15 de abril de 2018

15:30 - Ministro do Irã condena ataques de EUA, Reino Unido e França à Síria

14:00 - Após ataques aéreos, Assad lança nova ofensiva contra rebeldes na Síria

10:36 - TV estatal da Síria diz que 5 mil soldados foram enviados a Douma, após ataque

Sábado, 14 de abril de 2018

11:38 - Líderes europeus mostram apoio a ataque contra Síria

10:32 - Presidente sírio promete 'esmagar o terrorismo' após ataque


// leia também

Sexta, 20 de abril de 2018

18:30 - Democratas processam campanha de Trump, seu filho, genro, Rússia e Wikileaks

15:40 - Cambojano mata ex-mulher e transmite seu suicídio no Facebook

15:20 - Anotações de Comey mostram que Trump falou com ele sobre prostitutas russas

09:43 - Kim cede em exigências para se desarmar, diz presidente da Coreia do Sul

Quinta, 19 de abril de 2018

20:00 - Díaz-Canel promete continuidade ao assumir como presidente de Cuba

15:59 - Youtuber chinês pode ir para a prisão por pegadinha com morador de rua

15:22 - Suspeito dos ataques de 11 de setembro é detido na Síria

10:22 - Coreia do Norte busca desnuclearização, diz líder sul-coreano

10:18 - Trump deixa em aberto possibilidade de abandonar reunião com líder norte-coreano

Quarta, 18 de abril de 2018

14:59 - Amigo de brasileiro esfaqueado nos EUA afirma; 'Não foi aleatório'