WhatsApp Twuitter

Segunda, 19 de junho de 2017, 14h22

BRASIL

Menino de 9 anos brinca com arma e mata primo de 7 em Mira Estrela


Um menino de 9 anos brincava com uma espingarda quando a arma disparou e atingiu a nuca de seu primo, de 7 anos, no fim da tarde de domingo, 18, em Mira Estrela, interior de São Paulo. A vítima, Gabriel Monteiro Ossefani, chegou a ser levada para um hospital, mas já chegou sem vida. O dono da arma e tio das crianças, um homem de 65 anos, foi preso.

A tragédia aconteceu no sítio dele, na zona rural do município, onde as duas famílias, num total de 20 pessoas, tinham passado o fim de semana. O menino Gabriel tinha acabado de tomar banho para voltar com a família para casa, em Valentim Gentil, cidade vizinha, quando entrou no quarto onde o primo estava com a arma. Por brincadeira, o garoto apontou a arma para as costas de Gabriel. A cartucheira, de calibre 28, disparou. O tiro e os gritos atraíram os outros familiares.

 Polícia Civil, o dono da arma disse que mantinha a espingarda no sítio porque outras propriedades da região já tinham sido assaltadas. Ele escondeu a arma atrás do guarda-roupas por achar que o local era seguro. O delegado de plantão em Fernandópolis, Oreste Carósio Neto, que atendia os casos de Mira Estrela, autuou o tio das crianças por posse irregular de arma de fogo, omissão de cautela na guarda (da arma) e homicídio culposo. Em audiência de custódia prevista para o fim da tarde, o juiz vai decidir se ele permanece preso ou responde pelas acusações em liberdade.

O corpo da criança passou por perícia no Instituto Médico Legal (IML) e estava sendo velado, no início da tarde, em Valentim Gentil. O sepultamento estava marcado para as 18 horas, no cemitério municipal. No início da noite de domingo, quando buscava roupas para o velório do filho, o pai de Gabriel atropelou uma capivara e seu carro capotou. Ele sofreu ferimentos, foi levado para o hospital, mas está fora de perigo. 



// matérias relacionadas

Quinta, 19 de outubro de 2017

09:17 - Operação contra o tráfico e crime organizado mobiliza 320 policiais em São Paulo

Quarta, 18 de outubro de 2017

09:38 - Casos de brigas atendidas pela PM aumentam 7% em um ano em São Paulo

Terça, 17 de outubro de 2017

09:57 - Igreja defende alimento granulado de Doria; entidade critica

Segunda, 16 de outubro de 2017

10:12 - Quadrilha explode cofre de empresa, ataca quartel e mata policial

Sexta, 13 de outubro de 2017

15:30 - Mães acusam professora de colocar crianças em saco de lixo como castigo

Quinta, 12 de outubro de 2017

14:07 - Morre presidente do sindicato dos agentes penitenciários de SP

Terça, 10 de outubro de 2017

09:10 - Polícia descobre cemitério clandestino em Mauá

Quinta, 05 de outubro de 2017

15:58 - Galo gigante é vendido por R$ 154 mil em leilão no interior paulista

Terça, 03 de outubro de 2017

14:16 - Quadrilha presa por escavar túnel é suspeita de ataques no Paraguai

Segunda, 02 de outubro de 2017

22:39 - Alckmin propõe a Temer criar agência para combater tráfico de drogas


// leia também

Quinta, 19 de outubro de 2017

17:38 - Parque da Chapada dos Veadeiros volta a fechar por causa de focos de incêndio

17:34 - Auditores protestam contra portaria que altera combate ao trabalho escravo

17:30 - Inep faz simulação de logística para recebimento de respostas do Enem

14:47 - Lideranças indígenas pedem ao MEC mais recursos para educação nas aldeias

14:36 - Candidatos podem consultar local onde farão o Enem a partir de amanhã

11:58 - Idoso de 76 anos que recusou vacina morre por febre amarela em Itatiba

11:55 - STF julga hoje proibição de cigarros com aroma e sabor

09:11 - Falta de vontade política no Brasil impede controle de armas do tráfico

Quarta, 18 de outubro de 2017

21:10 - Ministro do STJ manda soltar filho de Fernandinho Beira-Mar

20:38 - Maria da Penha pede veto a mudanças na lei que leva seu nome