WhatsApp Twuitter

Sábado, 12 de agosto de 2017, 10h44

Brasil

Ex-médico Roger Abdelmassih perde direito à prisão domiciliar


O ex-médico Roger Abdelmassih, de 73 anos, teve o direito à prisão domiciliar anulado pela Justiça nesta sexta-feira, 11.

MARCELO GONCALVES/ESTADÃO CONTEÚDO

Ex-médico Roger Abdelmassih 

Com isso, logo depois que tiver alta do Hospital Albert Einstein, onde está internado tratando uma infecção, ele será conduzido a uma ala hospitalar do sistema penitenciário estadual.

De acordo com a decisão de juíza Sueli Zeraik Armani, da 1Ð Vara de Execuções Criminais, o motivo pela revogação do direito é a falta de tornozeleira eletrônica, que impossibilita a permanência do médico em um hospital particular.

A juíza também determinou que, assim que tiver condições, ele será transferido para o Hospital do Sistema Penitenciário, no bairro do Carandiru, em São Paulo. 



// leia também

Sábado, 21 de julho de 2018

16:00 - Preso por engano, motorista de aplicativo ganha liberdade no Rio

13:30 - Tiroteio entre policiais e criminosos termina com inocente morto no Rio

13:00 - Exército apoia campanha de vacinação contra sarampo em Manaus

10:59 - INSS convoca 178 mil aposentados e beneficiários de auxílio para perícia

09:29 - Cresce número de mortes de crianças em alta inédita no país

Sexta, 20 de julho de 2018

18:40 - Chacina na Brasilândia deixa 4 mortos em SP e polícia investiga

16:42 - Gabinete de Intervenção Federal publica plano reduzir criminalidade no Rio

16:25 - Doutor Bumbum e mãe são transferidos para cadeia na zona Norte do Rio

14:20 - MPF pede informações a nove órgãos sobre legado olímpico

13:00 - Sete casos de sarampo são confirmados no Estado do Rio de Janeiro