WhatsApp Twuitter

Sábado, 12 de agosto de 2017, 10h44

Brasil

Ex-médico Roger Abdelmassih perde direito à prisão domiciliar


O ex-médico Roger Abdelmassih, de 73 anos, teve o direito à prisão domiciliar anulado pela Justiça nesta sexta-feira, 11.

MARCELO GONCALVES/ESTADÃO CONTEÚDO

Ex-médico Roger Abdelmassih 

Com isso, logo depois que tiver alta do Hospital Albert Einstein, onde está internado tratando uma infecção, ele será conduzido a uma ala hospitalar do sistema penitenciário estadual.

De acordo com a decisão de juíza Sueli Zeraik Armani, da 1Ð Vara de Execuções Criminais, o motivo pela revogação do direito é a falta de tornozeleira eletrônica, que impossibilita a permanência do médico em um hospital particular.

A juíza também determinou que, assim que tiver condições, ele será transferido para o Hospital do Sistema Penitenciário, no bairro do Carandiru, em São Paulo. 



// leia também

Segunda, 21 de agosto de 2017

17:54 - Militar preso seria amigo de traficante do Comando Vermelho

17:00 - Polícia encontra 6 corpos em universidade desativada em MG

15:36 - Acordo com Sabesp antecipa chegada de água do São Francisco à Fortaleza

14:26 - Escolas já podem escolher livros didáticos que serão utilizados em 2018

14:12 - Ação combate fraude em aposentadorias de militares no RS

14:02 - Operação conjunta em favelas do Rio deixa 21 mil crianças sem aula

12:41 - Inscrições para o ProUni terminam dia 25 para estudantes não matriculados

12:10 - Operação investiga fraudes em concursos públicos no Distrito Federal

10:56 - Megaoperação em favelas do Rio deixa mais de 22 mil estudantes sem aulas

10:53 - Delegado matou esposa juíza por ela pedir para ele tomar remédios