WhatsApp Twuitter

Quinta, 12 de outubro de 2017, 14h54

PMs são presos por guardar armas, bombas e drogas em UPP


O comandante da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Caju, major Alexandre Frugoni, e outros três policiais da unidade foram presos na quarta-feira, 11, depois que a Corregedoria da Polícia Militar descobriu, numa varredura na base, armas com numeração raspada, bombas de efeito moral, maconha e cocaína.

A PM não divulgou o que eles fariam com o material, mas existe a suspeita de que usariam para forjar flagrantes de pessoas mortas por eles, incriminando-as. As investigações são da Corregedoria da PM e da Auditoria Militar e foram abertas para apurar desvio de armas da polícia.

Na operação, foram encontrados no armário do major na UPP uma pistola Glock com a numeração raspada (o que é ilegal), quatro carregadores, nove carregadores de fuzil, bombas de gás, 261 munições de pistola calibre 40, 56 de 9mm e 1110 munições de fuzil.

No armário de um outro policial, não identificado, havia 97 munições de fuzil, 158 pinos de cocaína, 20 tabletes de maconha e uma pistola calibre 380, também com a numeração raspada. No telhado do alojamento da UPP, cães farejaram 67 pinos de cocaína e 11 tabletes de maconha que estavam escondidos.

O material está sendo periciado pelo Centro de Criminalística da PM. Também PM, a mulher do comandante, a major Paula Andresa Frugoni, foi autuada por ter tentando esconder o material dentro de casa.

As equipes da Corregedoria, da Coordenadoria de Inteligência (CI) e do Ministério Público Militar cumpriram 23 mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça Militar, inclusive nas residências de suspeitos.

O comandante Frugoni vai responder por porte de arma ilegal de uso restrito e os três praças, por posse de drogas e favorecimento. Todos foram conduzidos para a unidade prisional da Polícia Militar, em Niterói.

A UPP do Caju foi inaugurada em 2013 e tem efetivo de cerca de 350 policiais. Sua área abrange doze favelas comunidades da zona portuária do Rio, onde vivem 16 mil pessoas.



// matérias relacionadas

Domingo, 17 de junho de 2018

09:46 - Após intervenção, número de tiroteios cresceu 36% no RJ

Sábado, 09 de junho de 2018

14:00 - Ex-prefeito de Búzios pega 21 anos de prisão por fraude a licitações e peculato

09:41 - Operação em comunidades do Rio mobiliza mais de mil agentes

Sexta, 08 de junho de 2018

15:56 - Tiroteio fere policial e paralisa bondinho do Pão de Açúcar

13:51 - Prefeitura do Rio usará drones na segurança pública

Sexta, 01 de junho de 2018

11:47 - Três suspeitos morrem em tiroteio no Rio com agentes da PRF

Quarta, 30 de maio de 2018

16:55 - No Rio, abastecimento de combustíveis e alimentos está quase normal

Terça, 22 de maio de 2018

14:49 - Dois militares do Exército são presos em carro com armamento pesado

14:41 - Dinheiro recuperado pela Lava Jato vai para escolas públicas do Rio

Domingo, 20 de maio de 2018

14:00 - Bope fere dos homens e apreende armamento pesado em Santa Teresa


// leia também

Quarta, 20 de junho de 2018

09:33 - Mãe denuncia suspeito de matar mulher e duas filhas é preso em São Vicente

09:11 - Pai da menina Vitória confirma briga política depois de disputar eleição

Terça, 19 de junho de 2018

14:32 - Governo federal reconhece situação de emergência em 184 cidades

14:05 - ProUni oferece 174 mil vagas; inscrições começam dia 26

13:00 - PF apreende 1,5 tonelada de cocaína no Porto de Salvador

10:46 - Chacina deixa sete mortos em Viamão, no RS

10:17 - Universidades federais têm menos de 1% de intercambistas estrangeiros

09:20 - Raiva humana já deixou pelo menos 12 mortos no PA; São Paulo está em alerta

Segunda, 18 de junho de 2018

18:43 - Conselheiro do TCE nega ligação com morte de Marielle

17:45 - Inscrições para prêmio mundial em educação estão abertas