WhatsApp Twuitter

Terça, 13 de março de 2018, 12h40

Sobe para 4 número de mortos em desabamento de prédio em Salvador


Subiu para quatro o número de mortos no desabamento de um prédio na periferia de Salvador, na manhã de hoje (13).

Um garoto de 12 anos, Robert de Jesus, foi a primeira vítima fatal retirada dos escombros com a ajuda de moradores da Rua Alto de São João, no bairro de Pituaçu. Por volta das 11h30, as equipes de resgate localizaram o corpo de um homem já sem vida cuja identidade ainda não foi revelada.

Outras duas mortes já foram confirmadas: a de Artur de Jesus, de um ano de idade, e a de Rosemeire Pereira de Jesus, de 34 anos. As três vítimas fatais cujos nomes já foram divulgados pertenciam a uma mesma família.

Até as 12h30, três pessoas tinham sido resgatadas com vida e encaminhadas para o Hospital Geral do Estado (HGE): uma mulher de 30 anos; um bebê de 11 meses, do sexo feminino, que teve traumatismo craniano e um homem de 29 anos, que sofreu ferimentos na face e escoriações.

Segundo os vizinhos, pelo menos seis pessoas viviam no imóvel, mas ainda não se sabe quantas delas estavam no local no momento do desabamento. Os trabalhos de busca continuam e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) montou uma estrutura emergencial na área, com seis ambulâncias e 15 profissionais, entre médicos, enfermeiros e técnicos.

Fortes chuvas atingem Salvador

O prédio que desabou fica na Rua Alto de São João, no bairro Pituaçu. Segundo a Defesa Civil de Salvador (Codesal), esta foi a ocorrência mais grave registrada na capital da Bahia em função da forte chuva que atinge a cidade nesta terça-feira (13), provocando acidentes de trânsito, deslizamentos e alagamentos em diversos pontos.

De acordo com a assessoria de imprensa da prefeitura de Salvador, o prédio de quatro pavimentos, incluindo a garagem, foi construído recentemente, de forma irregular e não ocupava área de risco.

Em nota, a prefeitura lamentou a tragédia e garantiu que a Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza vai prestar toda a assistência necessária às famílias atingidas, incluindo as de seis residências vizinhas embargadas temporariamente. As famílias serão cadastradas e vão receber auxílio-moradia.

Segundo o Serviço Nacional de Meteorologia, informou que até amanhã (14), o tempo ficará instável em Salvador, com nebulosidade, chuvas isoladas e trovoadas.



// matérias relacionadas

Terça, 13 de março de 2018

12:10 - Desabamento de prédio em Salvador mata criança e fere dois adultos

Quarta, 31 de janeiro de 2018

11:15 - Hospital demite 4 funcionários que gravaram vídeo de funk em horário de trabalho

Segunda, 16 de outubro de 2017

09:41 - Festa em Salvador termina com 11 pessoas baleadas

Segunda, 11 de setembro de 2017

16:01 - Lancha que afundou na Bahia não tinha cabine de proteção exigida

Terça, 05 de setembro de 2017

17:40 - Festa de Ano-Novo em Salvador acontecerá em novo local e terá 70 horas de shows

Sexta, 25 de agosto de 2017

19:44 - Acidentes com embarcações no Brasil aumentam 12,63% em 2017

14:10 - Divulgada relação de nomes dos mortos no naufrágio em Salvador

Quinta, 24 de agosto de 2017

22:03 - Nova contagem revisa para 18 número de mortos em naufrágio em Salvador

16:12 - Resgate de pessoas com vida é improvável, diz coordenador do Samu

14:04 - Sobe para 23 número de mortos em naufrágio na Bahia


// leia também

Domingo, 17 de junho de 2018

15:13 - Menina Vitória Gabrielly é enterrada no município de Araçariguama

09:58 - Ministério da Saúde tenta identificar origem de surto de toxoplasmose

09:46 - Após intervenção, número de tiroteios cresceu 36% no RJ

Sábado, 16 de junho de 2018

17:00 - Brasil é país mais preocupado com notícias falsas, diz estudo global

16:30 - Cai percentual de estudantes que querem ser professores, diz OCDE

16:00 - Associação critica projetos para rádios comunitárias

14:00 - Atlas liga violência a indicadores sociais

09:09 - Jungmann sugere que intervenção continue por mais um ano no RJ

09:03 - Itamaraty acompanha casos de crianças separadas dos pais nos EUA

Sexta, 15 de junho de 2018

13:10 - Metade dos homicídios no Brasil ficou concentrada em 123 cidades em 2016