WhatsApp Twuitter

Quarta, 16 de maio de 2018, 09h34

Crime ocorreu em 2017

Jovem morto por PM de folga já queimou corpo de aposentado

TNH1


O jovem morto por uma policial militar de folga em frente a uma escola em Suzano, na região metropolitana de São Paulo, teria assassinado um aposentado no ano passado.

De acordo com informações da repórter da RecordTV Marcela Varasquim, Elivelton Neves Moreira, de 20 anos, é apontado como o autor do roubo ao aposentado Renato Brígido, de 58 anos, em 2017. A polícia diz ainda que o suspeito teria assassinado e queimado o corpo do aposentado.O plano do aposentado era jantar com o filho, mas isso nunca aconteceu. O carro foi localizado no dia seguinte em um condomínio e, o corpo dele carbonizado, 20 dias após o crime.

O jovem teve a ajuda de um comparsa para a realização dos crimes. A dupla teria, também, tentado enganar as investigações policiais. Ambos foram detidos, mas liberados em seguida por que a prisão não foi em flagrante.

Assalto em escola

Um vídeo de uma câmera de segurança mostra o momento que uma mãe, uma policial militar de folga, reage a uma tentativa de assalto na porta da escola da filha em Suzano.

A cabo Katia da Silva Sastre estava com outras mães e alunos na porta da escola da filha, aguardando a abertura do portão para a comemoração do Dia das Mães.

Na imagens, é possível ver quando um homem chega portando um revólver calibre 38. Ele anuncia o assalto e aponta a arma para o grupo. A policial, então, aproveita a movimentação para sacar a pistola e atirar três vezes contra o suspeito, que cai baleado.

A cabo Sastre é do 4º BAEP (Batalhão de Ações Especiais da Polícia Militar) e estava de folga, mas com a arma da corporação no momento da ocorrência no Jardim dos Ipês.

O suspeito foi encaminhado para o PS da Santa Casa de Suzano, mas não resisitiu e morreu. A ocorrência foi registrada como tentativa de roubo, seguida de lesão corporal decorrente de intervenção policial de folga.

Homenagem

O governador de São Paulo Márcio França (PSB) homenageou a policial militar Katia Sastre do 4º BAEP (Batalhão de Ações Especiais da Polícia Militar). "A cabo Kátia agiu por dois importantes motivos: em defesa da sociedade e de suas filhas, de sua família", afirmou o governador. "Quero agradecer sua coragem. Uma coragem que é de nossos PMs, que são treinados e preparados."

 



// matérias relacionadas

Terça, 22 de maio de 2018

13:00 - Nevoeiro atrapalha voos no aeroporto de Cumbica

Segunda, 21 de maio de 2018

14:30 - Após pichações, Pátio do Colégio instala grades removíveis em busca de proteção

11:34 - Capital paulista registra a madrugada mais fria do ano

11:30 - Acidente com carro na contramão deixa cinco mortos em rodovia de Tietê (SP)

Sábado, 19 de maio de 2018

17:30 - Imunização contra gripe só atinge 40% do previsto em SP

Quinta, 17 de maio de 2018

15:50 - Adolescente de 17 anos reage a assalto e é morto por causa de tênis em SP

Segunda, 14 de maio de 2018

17:10 - Jovem morre após levar cotovelada do namorado em Mogi das Cruzes

10:00 - Delegado da Polícia Federal é baleado no Morumbi, na zona sul de SP

09:44 - Invencibilidade do São Paulo esconde falhas da equipe nos últimos jogos

Sexta, 11 de maio de 2018

14:30 - Conta de água da Sabesp terá aumento de 3,5% em junho


// leia também

Sábado, 26 de maio de 2018

18:00 - Prêmio principal da Mega-Sena pode pagar hoje R$ 10 milhões

11:19 - Postos de combustíveis têm estoque zerado no Rio de Janeiro

11:10 - Aeroporto de Brasília ainda não recebeu combustível e 40 voos foram cancelados

10:48 - Rodovias ainda têm 387 pontos com bloqueios; 132 locais foram liberados

10:19 - Mandante do assassinato de Dorothy Stang deixa prisão no Pará

09:41 - Paralisação dos caminhoneiros segue pelo 6º dia consecutivo

Sexta, 25 de maio de 2018

18:30 - Após pronunciamento de Temer, Abcam pede que caminhoneiros retirem interdições

17:00 - Marco Aurélio manda soltar fazendeiro condenado pelo assassinato de Dorothy Stang

16:52 - Ao menos 11 universidades públicas suspendem atividades por causa da greve

16:52 - Nove adolescentes morrem em incêndio em centro de internação em Goiás