WhatsApp Twuitter

Quinta, 17 de maio de 2018, 12h01

Luz na infância 2 é maior operação integrada com policiais civis, diz Jungmann


O ministro de Segurança Pública, Raul Jungmann, afirmou que a Operação Luz na Infância 2, deflagrada na manhã desta quinta-feira, 17, com foco no combate à exploração e abuso sexual contra crianças e adolescentes, representa um avanço na integração das inteligências das polícias no País.

Mais de 2,6 mil policiais civis cumpriram 579 mandados de busca e apreensão de arquivos com conteúdos suspeitos. ‘Essa é a maior operação integrada envolvendo policiais civis de todo Brasil‘, disse Jungmann.

De acordo com dados da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), esta também é a maior operação para reprimir crimes de abuso infanto-juvenil concentrada em um único dia no mundo todo. Até o momento, foram registradas 132 prisões em flagrantes em 284 cidades do Distrito Federal e 24 Estados. O número deve aumentar até o balanço do final do dia. Para a operação, foram analisados cerca de um milhão de arquivos suspeitos pela Diretoria de Inteligência da Senasp.

Entre os presos, houve casos de pessoas flagradas com um mínimo de 150 arquivos baixados até 200 mil arquivos. Alessandro Barreto, coordenador de contrainteligência da Diretoria de Inteligência da Senasp, afirmou que foram presas pessoas de diferentes perfis, homens e mulheres ‘acima de qualquer suspeita‘, como educadores, advogados, profissionais de saúde e servidores públicos. A faixa etária também varia desde os 20 e poucos anos até idosos.

Jungmann lembrou que nesta quarta-feira, 16, o Congresso aprovou o Sistema ·nico da Segurança Pública (Susp) e, após a sanção, este tipo de ação integrada deverá ser permanente. O ministro disse que a pasta já contava com a aprovação da matéria e possui um grupo de trabalho que se prepara para a implementação do sistema imediatamente. Ele admitiu, no entanto, que serão ‘passos lentos‘ e admitiu que sua gestão não ‘colherá todos os resultados‘.

‘Esse foi o maior passo dado no sentido de integração desde a Constituição. Nunca antes nós tivemos a União dando rumo para segurança pública. São passos iniciais, a situação ainda é difícil, mas estamos dando rumo e buscando assegurar que todos os cidadãos tenham direito à segurança. Não estaremos aqui para colher todos os resultados, temos apenas alguns meses de governo, mas deixaremos as condições de trabalho como legado para mudar essa triste realidade de insegurança‘, declarou.

O ministro prometeu que, até o final do ano, deverão ser aprovadas novas fontes permanentes de recursos para a segurança pública e o governo também deve editar uma medida provisória para disponibilizar verba para a área de forma mais imediata. 



// matérias relacionadas

Quinta, 17 de maio de 2018

16:30 - Operação contra 'pedofilia' prende professor de inglês e mais 2 em MT

09:59 - Megaoperação contra pedofilia cumpre quase 600 mandados

07:59 - Megaoperação contra pedofilia envolve MT e professor de inglês é preso

Sexta, 04 de maio de 2018

11:57 - Professor é preso na Grande São Paulo por suspeita de pedofilia

Sexta, 20 de abril de 2018

15:23 - Foragido por estupro de vulnerável é preso pela Polícia Civil no interior

Terça, 17 de abril de 2018

13:36 - Idoso acusado de estuprar netas de companheira é preso

Sexta, 06 de abril de 2018

14:33 - Padrasto é preso em flagrante por estupro de enteadas de 9 e 10 anos

Quinta, 15 de março de 2018

07:40 - Jovem é preso por estupro de vulnerável, em Cuiabá

Sexta, 09 de fevereiro de 2018

14:36 - Homem é preso com vídeo de crianças fazendo sexo com animal

Sexta, 02 de fevereiro de 2018

17:01 - Idoso é preso após ser condenado por abuso de criança de 11 anos


// leia também

Sábado, 26 de maio de 2018

18:00 - Prêmio principal da Mega-Sena pode pagar hoje R$ 10 milhões

11:19 - Postos de combustíveis têm estoque zerado no Rio de Janeiro

11:10 - Aeroporto de Brasília ainda não recebeu combustível e 40 voos foram cancelados

10:48 - Rodovias ainda têm 387 pontos com bloqueios; 132 locais foram liberados

10:19 - Mandante do assassinato de Dorothy Stang deixa prisão no Pará

09:41 - Paralisação dos caminhoneiros segue pelo 6º dia consecutivo

Sexta, 25 de maio de 2018

18:30 - Após pronunciamento de Temer, Abcam pede que caminhoneiros retirem interdições

17:00 - Marco Aurélio manda soltar fazendeiro condenado pelo assassinato de Dorothy Stang

16:52 - Ao menos 11 universidades públicas suspendem atividades por causa da greve

16:52 - Nove adolescentes morrem em incêndio em centro de internação em Goiás