WhatsApp Twuitter

Segunda, 25 de dezembro de 2017, 00h00

Secretariado


Além do tratamento para pneumonia, o governador Pedro Taques (PSDB) deve dedicar o período de férias neste fim de ano para pensar na troca de seus secretários. A última reunião do tucano com seu staff foi marcada por dois pedidos de exoneração: o do secretário de Cultura, o maestro Leandro Carvalho, e o do presidente do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Arnon Osny Mendes Lucas. Conforme já publicado pelo jornal A Gazeta, estas não devem ser as substituições que esquentarão a cabeça de Taques. Na Cultura, o problema já foi resolvido. Kleber Lima, deixou o Gabinete de Comunicação e foi remanejado. Já no Detran, o nome mais cotado é o de Thiago França, ex-secretário de Mobilidade Urbana de Cuiabá e, hoje, lotado num cargo na Secretaria de Cidades.
A maior dificuldade do governador deve ser a escolha do novo secretário de Fazenda, devido à saída de Gustavo Oliveira. Nos bastidores, o nome de Guilherme Müller, atual titular do Planejamento é o mais cotado. Mas Júlio Modesto, secretário de Gestão, seria mais “chegado” a Taques.

Sem infidelidade

Segundo Mauro Savi, se quiser receber, Valtenir Pereira vai ter que recorrer à Justiça. O deputado tem dito também que não vê problemas em esperar até o período de abertura da janela partidária (quando políticos que possuem mandato podem trocar de partido, sem o risco de serem cassados) para trocar de legenda.
Vale ressaltar que Mauro Savi é o único deputado do PSB que não pode ser acusado de infidelidade partidária pelo PSB. Ele foi eleito pelo PR, em 2014, portanto, para ele, vale a mesma regra aplicada ao caso de Valtenir, que deixou o PMDB e migrou para o PSB neste ano.

Argumento

Os vereadores têm se apegado ao argumento de que o benefício é legal, conforme previsto numa resolução do Tribunal de Contas do Estado (TCE) datada de 2012. Eles só “esqueceram” de ler a parte do documento que explica que a criação do décimo-terceiro salário só valeria para a próxima legislatura.
Isso sem falar que também têm, simplesmente, ignorado o momento de crise econômica que, não só Cuiabá, Várzea Grande e Mato Grosso, mas todo o país atravessa.

Precedente

A aprovação pela Câmara de Cuiabá do pagamento de décimo-terceiro salário aos vereadores parece ter aberto um precedente para todas as demais Câmaras Municipais do Estado. A primeira a aderir a “moda” não poderia deixar de ser a de Várzea Grande onde os parlamentares, pasmem!, conseguiram ir ainda mais longe: queriam que o primeiro pagamento fosse depositado já neste ano.

Reforma tributária

Promessa de campanha do governador Pedro Taques (PSDB) a reforma tributária não deve sair da Assembleia Legislativa, nem do Congresso Nacional. No Estado, o tucano disse ter deixado a proposta em “stand-by” por conta da chance de uma reforma nacional, que unificaria diversos tributos num único imposto, o Imposto sobre Valor Agregado (IVA).
No Senado, no entanto, o líder do governo, senador Fernando Bezerra Coelho (PMDB-PE), já descartou a possibilidade que essa proposta passe no ano que vem. Segundo o peemedebista, uma reforma tributária mais simplificada é a que deve tramitar.

Exoneração

O pedido de exoneração do presidente do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Arnon Osny Mendes Lucas, parecia já ser esperado pelo governador Pedro Taques (PSDB). Nos bastidores, desde o início da semana já se ventilava uma possível troca do comando da instituição.
Lucas anunciou a decisão na última reunião do secretariado, argumentando, a exemplo de outros membros do staff, motivos pessoais. Agradeceu a oportunidade ao governador e recebeu, em troca, agradecimentos pelo serviço prestado.

Devo, não nego

Na lista dos dissidentes do PSB, o deputado estadual Mauro Savi não tem negado que deve o pagamento do “dízimo” à legenda, mas também tem afirmado com todas as letras que não pretende pagar a dívida. O débito é um dos motivos pelo qual o presidente do partido em Mato Grosso, o deputado federal Valtenir Pereira, não quer liberar os parlamentares para trocar de legenda.
 



// leia também

Terça, 24 de abril de 2018

00:00 - Na rua

Segunda, 23 de abril de 2018

00:00 - Desventuras em série

Sábado, 21 de abril de 2018

00:00 - Virou lenda

Sexta, 20 de abril de 2018

00:00 - Gestão relâmpago

Quinta, 19 de abril de 2018

00:00 - Atrasado

Quarta, 18 de abril de 2018

00:00 - Revolta

Terça, 17 de abril de 2018

00:00 - Do contra

Segunda, 16 de abril de 2018

00:00 - Pelo início

Domingo, 15 de abril de 2018

00:00 - Rei morto...

Sábado, 14 de abril de 2018

00:00 - Incertezas