WhatsApp Twuitter

Quarta, 21 de fevereiro de 2018, 00h00

Incentivos


Secretário de Assuntos Estratégicos de Várzea Grande, o ex-senador Jayme Campos (DEM) defendeu a política de incentivos fiscais durante evento realizado ontem para premiação de qualidade da fábrica da Coca-Cola instalada no município. Nas palavras de Jayme, os incentivos são positivos quando possuem regras claras, que se refletem em retorno para a população, como geração de renda e emprego.

União

Aplaudido pelos executivos da empresa, Jayme Campos também defendeu uma união entre empresários e a classe política numa tentativa de tirar o país da crise econômica. Quando perguntado se disputaria as eleições deste ano, no entanto, o ex-senador - que já vinha sinalizando uma candidatura, talvez, até mesmo ao governo - não negou a possibilidade, mas destacou que, a decisão não depende só dele, tem que passar pelo partido.

Disse me disse

Apontado pelo Ministério Público Estadual como um dos líderes do esquema de desvio de dinheiro do Detran, alvo da operação Bereré deflagrada na segunda-feira (19), o deputado estadual Mauro Savi (PSB) chamou as investigações - que reúnem o Gaeco, o Naco e a Defaz - de “disse me disse”. Mais: sustentou que vai concluir o mandato e que vai fazer isso “olhando no olho de muita gente”.

Críticas

Quem também não teve papas na língua para criticar a operação Bereré foi o sempre polêmico ex-secretário de Estado Eder Moraes que, não é de hoje, nutre (para dizer o mínimo) uma série de divergências com o Ministério Público. Em nota, Eder classificou a ação como “irresponsável, descabida e atabalhoada”. Detalhe, ele sequer foi citado. Saiu em defesa da esposa, Laura Tereza, e do filho, Eder Júnior, apontados como proprietários de uma das empresas que teria recebido parte do dinheiro desviado.

Será?

A notícia de que o ministro da Agricultura Blairo Maggi (PP) não vai disputar as eleições deste ano foi encarada com um certo ceticismo por boa parte de seus aliados e adversários políticos. Primeiro porque, de acordo com Cidinho Santos (PR), que foi quem repassou a informação, a decisão não estaria 100% tomada. Segundo porque não foi a primeira vez que o senador licenciado afirmou tal coisa.

Corrigindo

O deputado federal Fábio Garcia (DEM) corrigiu em suas redes sociais a forma como vinha se referindo à intervenção do governo federal na área de segurança pública do Rio de Janeiro. O parlamentar vinha defendendo a medida que chamou de “intervenção militar”. De fato, a ação está sendo colocada em prática pelo Exército, mas a expressão errada (que ainda continua sendo usada por outros políticos) vinha induzindo a população a erro. O correto é intervenção federal.

Planos

O PP de Maggi, aliás, apresentou as novas diretrizes do partido na manhã de ontem. Na prática, o documento parece mais com um plano de governo, só que sem candidato, já que a legenda, até o momento, não apresentou um nome para disputar o comando do Palácio Paiaguás em outubro. Tem quem diga que a estratégia é idealizar um governo perfeito para não ser acusado de estar, nem na oposição, nem na situação.

Blitz

Depois de circular pelas redes sociais um vídeo em que o vice-governador Carlos Fávaro (PSD) critica o próprio governo do Estado - mais especificamente a Secretaria de Fazenda - por multar agricultores que transportavam maquinário por rodovias estaduais, o governador Pedro Taques (PSDB) baixou um decreto autorizando a circulação desses equipamentos em caso de necessidade de conserto. A única exigência é que, junto com a máquina, tenha uma cópia de sua nota fiscal.
 



// leia também

Segunda, 18 de junho de 2018

00:00 - Corporativismo

Domingo, 17 de junho de 2018

00:00 - Traição

Sábado, 16 de junho de 2018

00:00 - Delação à vista?

Sexta, 15 de junho de 2018

00:00 - Aprovação...

Quinta, 14 de junho de 2018

00:00 - Só faltava essa

Quarta, 13 de junho de 2018

00:00 - Força externa

Terça, 12 de junho de 2018

00:00 - São João

Segunda, 11 de junho de 2018

00:00 - Enrolado

Domingo, 10 de junho de 2018

00:00 - Bem antigo!

Sábado, 09 de junho de 2018

00:00 - Sem tempo...