WhatsApp Twuitter

Sexta, 25 de maio de 2018, 00h00

Decisão


Na reta final do prazo dado pelo Democratas (DEM) para que o ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes, decida se vai ou não ser candidato ao governo do Estado - a data limite é o dia 31 de maio, próxima quinta-feira -, outro ex-aliado do governador Pedro Taques (PSDB) também deve estar esquentando a cabeça com uma decisão importante a ser tomada: Otaviano Pivetta (PDT).
 

Entendimento

Pivetta lançou pré-candidatura ao governo recentemente, semanas após dizer que estaria com Mauro Mendes em qualquer situação, no caso de uma candidatura do democrata ao cargo de chefe do Executivo. Acontece que o presidente do PDT, Zeca Viana, está empolgado com o projeto próprio e agora tem dito não acreditar que o ex-prefeito de Cuiabá vai mesmo ser candidato, por isso, Pivetta precisa manter o ‘bloco na rua‘.
Será que até as convenções eles entram em acordo?
 

Aproveitadores

No plenário do Senado, nesta quinta-feira (24), o senador Wellington Fagundes (PR) criticou os proprietários de postos de combustível que aumentaram abusivamente o preço do produto diante da iminência de um desabastecimento por conta da greve dos caminhoneiros.
O republicano chamou estes empresários de ‘aproveitadores‘ e sugeriu que o Congresso atue no sentido de estabelecer um limite máximo de preços, evitando que o consumidor seja lesado.

Aproveitadores 2


O curioso na manifestação do parlamentar é que estamos mais acostumados a ver a população acusando os políticos de tentarem se aproveitar de determinadas situações, em detrimento do que seria melhor para o povo, e não o contrário. Desta vez, temos que dar o braço a torcer.
Mesmo com o aumento pela procura, os valores praticados por alguns postos não se justifica, afinal, o combustível que está (ou a essa altura, estava) nos tanques foi comprado pelo mesmo preço do que era vendido antes da greve dos caminhoneiros.

Denuncie!


Em tempo, o cidadão que flagrar postos de combustível praticando preços abusivos pode recorrer ao Procon. Em outros Estados do país, multas que chegaram a R$ 500 mil foram aplicadas a empresários que passaram a cobrar até R$ 9 pelo litro da gasolina.
O telefone do Procon estadual é o (65) 3613-8500. O consumidor também consegue atendimento discando apenas 151.
 

Descrédito

A decisão do deputado estadual Oscar Bezerra (PV) de deixar o comando da CPI do MPE coloca em mais descrédito ainda qualquer investigação dentro da Assembleia Legislativa. Quando a população fala que tudo termina em pizza, o impacto é um. Mas quando a afirmação parte de um parlamentar, é sinal de que a situação é muito mais grave do que se pensa.
Em tempo, não se trata de uma crítica a Oscar Bezerra. A iniciativa dele mostra que, ao menos um deputado, aparentemente, não está compactuando com a palhaçada que virou esse assunto.

Quase

Segundo publicação do site da Revista IstoÉ, a greve dos caminhoneiros também foi assunto durante sessão do Supremo Tribunal Federal (STF). Sem perceber que seus microfones ainda estavam ligados, os ministros Gilmar Mendes e Celso de Mello conversaram sobre o protesto e, pelo que se pode ouvir, por pouco não foram flagrados criticando a manifestação.

Que crise!


Gilmar Mendes foi quem iniciou o diálogo segundo o site. ‘Que crise, hein! Guiomar [sua esposa] está na rua agora. Está impossível‘, disse, enquanto que Celso de Mello respondeu como um comentário mais duro: ‘Um absurdo, faz-nos reféns. Tudo bem que eles até possam ter razão aqui, mas isto é um absurdo. Minha filha está vindo de São Paulo‘, reclamou o ministro, quando o áudio do microfone foi cortado.
 



// leia também

Sexta, 22 de junho de 2018

00:00 - De novo não!

Quinta, 21 de junho de 2018

00:00 - Hashtag chateado

Quarta, 20 de junho de 2018

00:00 - Surpresa!

Terça, 19 de junho de 2018

00:00 - Defesa nova

Segunda, 18 de junho de 2018

00:00 - Corporativismo

Domingo, 17 de junho de 2018

00:00 - Traição

Sábado, 16 de junho de 2018

00:00 - Delação à vista?

Sexta, 15 de junho de 2018

00:00 - Aprovação...

Quinta, 14 de junho de 2018

00:00 - Só faltava essa

Quarta, 13 de junho de 2018

00:00 - Força externa