WhatsApp Twuitter

Sexta, 29 de junho de 2018, 00h00

Sambando na cara da sociedade


Não bastou ir para a Copa do Mundo na Rússia, assistir ao jogo do Brasil contra a Sérvia ‘a serviço do mandato‘, como diz o documento que justifica sua falta na sessão plenária da última terça-feira (26), o vereador Renivaldo Nascimento (PSDB) ainda conseguiu um lugar no estádio ao lado da família do craque Neymar. O tucano aparece em uma fotografia, em reportagem do portal UOL Esportes, publicada nesta quinta-feira (28).

Desconto

Aliás, quem teve curiosidade de dar uma olhada no Portal da Transparência da Câmara de Cuiabá até encontrou um registro de desconto de R$ 3,2 mil no último salário recebido por Renivaldo Nascimento. O subsídio que consta lá, no entanto, é referente ao mês de maio e não ao de junho. O holerite com o desconto (ou não) dos dias de sessão plenária em que esteve na Rússia, o tucano só vai receber no dia 20 do mês que vem.

Liberdade à vista

Quem percorre os bastidores da Justiça em Mato Grosso afirma existir um rumor de que, em breve, a turma presa na Operação Bônus, segunda fase da Bereré, pode ganhar liberdade. O deputado Mauro Savi (DEM), o ex-secretário Paulo Taques, seu irmão Jorge Zamar Taques e alguns empresários estão detidos preventivamente há quase 60 dias e esse seria exatamente o argumento que embasaria a decisão pela soltura.

Recurso adiado

Aliás, nesta quinta-feira (28) estava previsto o julgamento de um recurso do empresário José Kobori, ex-diretor da EIG Mercados - empresa cujo contrato com o Detran é o principal alvo das operações Bereré e Bônus. O caso, no entanto, acabou sendo retirado da pauta do Pleno do Tribunal de Justiça a pedido da própria defesa.

O poder...

A aliança entre Mauro Mendes e Jayme Campos, hoje filiados ao mesmo partido, o Democratas, já era estranha aos olhares mais atentos por conta de críticas mútuas entre eles no passado. Agora, decisões que vêm sendo adotadas pelo ex-prefeito de Cuiabá em relação à campanha deste ano também têm levantado suspeitas sobre essa repentina aproximação.

...de ‘reconciliação’...

Mas só quem convive nos bastidores da política sabe o poder que essa ciência social tem de ‘unir‘ as pessoas e fazê-las se ‘reconciliarem‘. Um exemplo claro é a contratação por Mauro Mendes de seu ex-secretário Kleber Lima para fazer as pesquisas de intenção de voto do Democratas durante o período eleitoral.

...da política

Logo Kleber Lima, com quem o ex-prefeito acabou tendo uma rusga no final do mandato por ter aceitado fazer a campanha de Wilson Santos (PSDB) à Prefeitura de Cuiabá e a quem Virgínia Mendes, a ex-primeira-dama, até ameaçou processar.
Em tempo, um pergunta: será que dessa vez Mauro Mendes consultou Jayme Campos antes de fechar a contratação?

Oficialmente investigada

Selma Arruda (PSL) vai precisar rever o discurso quanto à escolha de seus, quem sabe, aliados na disputa ao Senado neste ano. A juíza aposentada vinha afirmando que não gostaria de dividir palanque com pessoas que tenham sido investigadas, delatores ou delatadas. Acontece que agora ela também está na lista daqueles sobre os quais pesam inquéritos do Ministério Público.
Como ex-magistrada, diga-se de passagem, Selma deveria saber, mais do que ninguém, que ser investigado por algo, nem sempre representa culpa, ou será que ela própria nunca absolveu ninguém?
 



// leia também

Sábado, 21 de julho de 2018

00:00 - Limites

Sexta, 20 de julho de 2018

00:00 - Um trabalhão!

Quinta, 19 de julho de 2018

00:00 - Enquanto isso...

Quarta, 18 de julho de 2018

00:00 - Inconveniência

Terça, 17 de julho de 2018

00:00 - Aliança

Segunda, 16 de julho de 2018

00:00 - Opinião em comum

Domingo, 15 de julho de 2018

00:00 - Opções

Sábado, 14 de julho de 2018

00:00 - Problemas

Sexta, 13 de julho de 2018

00:00 - Linha dura

Quinta, 12 de julho de 2018

00:00 - Ladeira abaixo