WhatsApp Twuitter

Terça, 03 de julho de 2018, 00h00

De volta


E falando em Copa do Mundo, quem está de volta ao solo cuiabano nesta terça-feira (3) é o vereador Renivaldo Nascimento (PSDB), que foi ‘a serviço do mandato‘, como disse em documento protocolado à Mesa Diretora da Câmara, torcer para o Brasil pessoalmente e, de quebra, conhecer um pedacinho da Rússia. Será que o parlamentar vai trazer para Cuiabá alguma ideia de lei que viu por lá?

Confirmadíssimo!

O rompimento do tendão de aquiles enquanto jogava futebol com a filha na semana passada deu o que falar e o Democratas resolveu tranquilizar seus eleitores e lideranças, publicando em sua conta no Instagran uma foto de Mauro Mendes ainda no hospital, depois de feita a cirurgia pela qual o ex-prefeito acabou tendo que passar.
No texto, o partido reitera que Mendes continua pré-candidato ao governo, ou seja, não vai ser o tendão

que vai impedi-lo de disputar o governo do Estado este ano. Em outras palavras, se resolver desistir, o ex-prefeito vai ter que encontrar outra desculpa.

Lançamento ‘oficial’

Aliás, apesar de as convenções terem previsão de começar apenas a partir do dia 20 deste mês. O Democratas já marcou data para ‘oficializar‘ a candidatura de Mauro Mendes ao governo: a próxima segunda-feira, dia 9.
Resta saber se, até lá, o partido já vai ter entrado em consenso com seus aliados e definido qual deles vai ficar fora da chapa majoritária. O mais cotado para isso, até o momento, é Otaviano Pivetta (PDT), que teria uma promessa de cargo importante no secretariado, em caso de vitória.

Faz sentido
 

Lembrando que consertar e preservar estradas, beneficia vários outros setores. Diminui-se o risco de acidentes e, portanto, gasta-se menos com saúde; aumenta-se as chances de instalações de empresas em cidades mais distantes, o que gera emprego e renda, e diminui-se o gasto com o transporte dos mais variados produtos, o que possibilita um preço menor ao consumidor final.

Convite

Na edição de segunda-feira (2), esta coluna destacou que foi motivo de estranhamento para alguns a presença de Júlio Campos - dos democratas, o mais ferrenho opositor ao governo Pedro Taques (PSDB) - na inauguração da reforma do Complexo da Salgadeira. Pois bem, o próprio democrata resolveu explicar.
Segundo Júlio Campos, sua presença se deu diante de um convite feito por Pedro Taques. O governador tucano resolveu, na reabertura do local, homenagear os ex-governadores que contribuíram para a existência do Complexo.
Além de Júlio Campos, que construiu a Salgadeira 1984, a prefeita de Chapada dos Guimarães, Thelma de Oliveira (PSDB), recebeu uma placa de prata em nome de seu marido já falecido, o ex-governador Dante de Oliveira, que promoveu uma reforma no local, 1998.


Palpite vencedor

Para a partida entre Brasil e México, pelas oitavas de final da Copa do Mundo da Rússia, que terminou com vitória da nossa seleção por 2 a 0, a reportagem de A Gazeta ouviu os palpites de placar da bancada federal mato-grossense. Os pés quentes dessa vez foram os deputados federais Nilson Leitão (PSDB) e Valtenir Pereira (MDB).
Para o jogo da próxima sexta-feira (6), já pelas quartas de final, quando o Brasil enfrentará a Bélgica, os palpites serão exclusivamente femininos.

Céu de candidatos

Já começaram a circular nos céus de Mato Grosso os aviões que transportam alguns dos principais pré-candidatos ao governo e Senado para seus compromissos de (pré) campanha. E, pelo visto, além da disputa por votos, vai haver uma disputa por quem consegue queimar mais querosene.
Entre os que tentam conquistar o governo do Estado, nesse quesito, prejuízo para o governador Pedro Taques (PSDB) e o procurador Mauro Lara (PSOL). Mauro Mendes (DEM) e Wellington Fagundes (PR), se não tiverem disponíveis aeronaves próprias, com certeza terão espaço na de algum aliado.


 

E as estradas?

Nessa de candidatos chegando pelo ar nas cidades mais distantes da Capital, quem perde é o eleitor. Quem sabe, se todos que disputam cargos públicos fossem obrigados a percorrer as estradas mato-grossenses - boa parte delas em péssimas condições -, depois de eleitos, teriam uma atenção maior para o problema.

Delação

O empresário José Kobori, um dos presos das operações Bereré e Bônus, negou que esteja negociando uma delação premiada. Em nota, afirmou que “delatores necessitam de crimes cometidos para negociar com a Justiça, pressuposto que inexiste no meu caso”. Ele está detido preventivamente desde o início de maio.
 



// leia também

Sábado, 21 de julho de 2018

00:00 - Limites

Sexta, 20 de julho de 2018

00:00 - Um trabalhão!

Quinta, 19 de julho de 2018

00:00 - Enquanto isso...

Quarta, 18 de julho de 2018

00:00 - Inconveniência

Terça, 17 de julho de 2018

00:00 - Aliança

Segunda, 16 de julho de 2018

00:00 - Opinião em comum

Domingo, 15 de julho de 2018

00:00 - Opções

Sábado, 14 de julho de 2018

00:00 - Problemas

Sexta, 13 de julho de 2018

00:00 - Linha dura

Quinta, 12 de julho de 2018

00:00 - Ladeira abaixo