WhatsApp Twuitter

Domingo, 18 de junho de 2017, 08h50

Indea realiza cadastramento e vigilância sanitária em propriedades rurais

Dayanne Santana, repórter Sedec/MT


 Na próxima semana, o Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea-MT) inicia um trabalho de atualização cadastral de estabelecimentos rurais, em Sorriso (398 km ao Norte de Cuiabá). A atividade começa na segunda-feira (19) e está prevista para encerrar no dia 28 de julho. Esse trabalho faz parte de um convênio com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e conta com a parceria da Prefeitura de Sorriso.

Divulgação

Indea realiza cadastramento e vigilância sanitária em propriedades rurais de Sorriso

Serão quatro equipes em campo, sendo que cada uma é formada por um médico veterinário e um agente fiscal do Indea, que visitarão todas as propriedades rurais localizadas num raio de 10 km de granjas avícolas comerciais, inclusive propriedades de atividade agrícola.

A ação tem como objetivo atualizar o cadastro de propriedades com aves, suínos, caprinos, ovinos, bovídeos, equídeos e animais aquáticos. Além disso, também visa a realização de vigilância veterinária, para detecção precoce de possíveis focos de doenças infectocontagiosas de notificação compulsória e enfermidades confundíveis.

A expectativa é visitar todos os estabelecimentos do município, em torno de 1.400 já cadastrados no sistema do Indea e, ainda, visitar áreas de posse e reservas indígenas. As equipes contarão com o apoio da unidade local de Sorriso e da unidade regional de Lucas do Rio Verde (334 km ao Norte da Capital).

Outros municípios fortes na avicultura já passaram pela mesma ação, como Nova Mutum, Lucas do Rio Verde e Tangará da Serra. “Esse trabalho de vigilância e cadastramento de propriedades é fundamental para resguardar o plantel e, consequentemente, a economia gerada pela atividade”, destaca a diretora técnica do Indea, Daniella Soares.

Além do cadastramento das propriedades rurais, será realizado um projeto de educação sanitária voltado para a criação de aves de subsistência, com o tema “Criando aves com saúde”, que será executado em propriedades de criação de aves de subsistência, com distribuição de cartilhas.

“Estamos, cada vez mais, investindo em ações de educação sanitária, que é uma forma de estarmos mais próximos dos produtores e dos demais envolvidos na cadeia produtiva, levando informação e fortalecendo a vigilância sanitária”, ressaltou a diretora técnica.



// leia também

Sexta, 15 de dezembro de 2017

11:50 - Temporal deixa famílias desabrigadas e causa estragos em residências de VG

10:14 - População sugere presentes de Natal para Cuiabá

Quinta, 14 de dezembro de 2017

16:59 - Faculdades oferecem mais de 110 mil bolsas de estudo em MT

15:41 - Sentir culpa todo o tempo é sintoma de quadro de depressão ou ansiedade

15:01 - Anvisa autoriza farmácias a aplicarem vacinas

13:56 - Carreta pega fogo e interdita pista na BR-163 em Nova Mutum

09:30 - MPE e Procon notificam bancos a atender corretamente os clientes

07:00 - Criança fica pendurada em escada rolante do Aeroporto Marechal Rondon

Quarta, 13 de dezembro de 2017

18:22 - Natal Iluminado revive movimento contemporâneo com 'Batalha Hip Hop'

17:16 - Ponte Benedito Figueiredo terá trânsito bloqueado durante o período noturno