WhatsApp Twuitter

Domingo, 18 de junho de 2017, 11h08

Prefeitura trabalha na eliminação de bolsão de lixo de mais de 3 Km

Bruno Vicente, repórter Secom/Cuiabá


 A Prefeitura de Cuiabá iniciou nesta semana mais um trabalho de eliminação de bolsões de lixo na Capital. Por meio de um mapeamento detalhado, realizado pela Secretaria Municipal de Serviços Urbanos logo no início do ano, foi possível identificar mais uma área utilizada por infratores para o despejo irregular de resíduos. Desta vez, são cerca de três quilômetros de estrada, localizada na região do bairro Pedra 90, tomada por pilhas de entulhos.

Marcos Vergueiro/Secom Cuiabá

Prefeitura trabalha na eliminação de bolsão de lixo de mais de 3 Km

Para a execução desta ação, a Secretaria disponibilizou oito caminhões e duas pás carregadeiras, no intuito de dar agilidade e eficiência no serviço. Até o momento foram recolhidos ao menos 50 caminhões de lixo, sendo que a previsão é de que, até o término da operação, sejam retirados aproximadamente 400 toneladas do local.

“Esse talvez seja o maior bolsão de lixo de Cuiabá. A Secretaria está totalmente empenhada para combater e extinguir esse tipo de prática. Esse é um caso de saúde pública, uma oportunidade de demonstrar amor por nossa Cidade Verde e, acima de tudo de respeito ao cidadão. Por isso temos mapeado os quase de 50 bolsões espalhados pela cidade, onde periodicamente realizamos a limpeza”, comentou o secretário José Roberto Stopa.

Conforme o gestor, a Prefeitura de Cuiabá tem trabalhado diariamente para cumprir com seu papel, no entanto é necessário que haja uma colaboração da sociedade para que os resultados sejam cada vez mais satisfatórios. Nesse sentido, ele destaca que o cidadão pode denunciar possíveis infratores pelo telefone 3645-5500, a fim de que administração pública possa tomar todas as medidas legais contra crime praticado.

“Após a limpeza, pedimos o apoio da comunidade e também entramos com fiscalização. Temos uma equipe trabalhando especificamente neste sentido, onde estamos sempre fazendo uma força-tarefa a fim de localizar esses infratores. Sabemos que grande parte da população é feita por pessoas responsáveis, no entanto, infelizmente, existe ainda um pequeno grupo que não cumpre com sua obrigação”, afirmou Stopa.

Para o diretor de Resíduos Sólidos, Anderson Matos, um importante auxiliador na eliminação dos bolsões de lixo, é o projeto “cata cacareco”, realizado através do Mutirão da Limpeza. “Damos início a ação no mutirão, que acontece todos os sábados, e damos sequência durante o resto da semana. É um trabalho de suma importância para que a população possa dar a destinação correta aos bens inservíveis”, pontuou Matos.



// leia também

Quinta, 19 de outubro de 2017

20:36 - Justiça comunitária faz mutirão no Pedra 90

20:25 - Obras de recuperação da malha viária continuam nos bairros de VG

20:15 - Prefeitura lança construção da 1ª de 5 unidades básicas de saúde

13:00 - Novo aplicativo de transporte, 99POP começa operar em Cuiabá e região

11:28 - Violações aos direitos humanos são vergonha para MT

Quarta, 18 de outubro de 2017

19:52 - TJ autoriza nomes de 2 pais no registro de menino em Jaciara

18:49 - Negociação de débitos em Várzea Grande registra mais de 480 acordos

18:01 - Agricultor registra redemoinho de areia em fazenda no Mato Grosso. Veja o vídeo

15:20 - Curso para uso de cães no trabalho dos bombeiros começa quarta-feira

13:10 - Liminar que proíbe enfermeiros de pedirem exames agrava caos na saúde