WhatsApp Twuitter

Terça, 25 de julho de 2017, 10h00

Réplica fiel de Aparecida peregrina por 9 cidades de MT

Keka Werneck, repórter do GD


Divulgação

Imagem original tem 300 anos e fica em Aparecida (SP)

Replica fiel da imagem de Nossa Senhora Aparecida, mãe de Jesus e padroeira do Brasil, está peregrinando por 9 cidades da Baixada Cuiabana, para marcar os 300 anos que pescadores a encontraram no rio.

As cidades visitadas serão, além da capital, Nobres, Rosário Oeste, Jangada, Acorizal, Guia, Várzea Grande, Santo Antônio do Leverger e Barão de Melgaço.

O ponto de referência da imagem, no momento, é a Paróquia Nossa Senhora da Medalha, no bairro Pascoal Ramos, mas nesta terça-feira (25) está percorrendo pontos da BR-364, porque é o Dia Nacional do Caminhoneiro.

A imagem original encontrada pelos pescadores fica na Basílica de Aparecida, na cidade de Aparecida, em SP. Devido à ocasião de celebração dos 300 anos, réplicas, como a que está em Cuiabá, foram distribuídas em várias cidades brasileiras, capitais ou referências regionais.

A de Cuiabá vai ficar aqui, aos cuidados da Curia Metropolitana.

Chico Ferreira

Dom Milton destaca importância das mães em todos os tempos

Relatos históricos apontam que a imagem foi encontrada na segunda quinzena de outubro de 1717, em Guaratinguetá, no vale do Paraíba, em São Paulo.

"Os pescadores jogaram a rede, porque estavam precisando achar peixe para um almoço grande, para governador, e, entre o pescado, veio o corpo da imagem, sem a cabeça. Eles acharam aquilo e guardaram por delicadeza, porque se a gente acha uma peça quebrada não guarda, não é verdade? Mas deixaram no barço. Como é incomum jogar a rede 2 vezes no mesmo lugar, mais acima ou mais abaixo jogaram novamente a rede e aí veio a cabeça", conta o arcebispo de Cuiabá, Dom Milton.

O fato da imagem de Nossa Senhora Aparecida ser negra, conforme dom Milton, tem uma explicação pragmática. "Estava no fundo do rio, é feita de barro, estava escura, mas a mãe de Jesus era judia, de cora branca, no entanto, ela subir no rio e ser apreendida, pela rede, com estas características, para nós, brasileiros, é muito significativo, porque veio com a cor dos escravos", ressalta.

"No Japão, ela tem características orientais, por isso é chamada de mãe dos povos", reforça o arcebispo.

Nossa Senhora, de acordo com a fé católica, apareceu em vários pontos do mundo, como Fátima e Lourdes.

O arcebispo também destaca que, nestas 300 anos de Aparecida, a comunidade católica quer ressaltar a importância do papel de mãe em todos os tempos. "Nossa Senhora acompanhou o filho ao calvário, mãe acompanha o filho, mãe encarna na vida do filho, mãe não abandona em hipótese nenhuma", orienta.

A população católica de Cuiabá e região está em oração e alegria pela data.

Dia 24 de junho deste ano, 2.500 cuiabanos foram, em caravana, à Aparecida, em São Paulo.

Ouça o hino oficial dos 300 anos de Aparecida. 
 

                  



// matérias relacionadas

Quarta, 15 de novembro de 2017

11:00 - Fiéis cuiabanos celebram 109 anos de Umbanda

Domingo, 12 de novembro de 2017

09:23 - Brasil registra uma denúncia de intolerância religiosa a cada 15 horas

Quinta, 12 de outubro de 2017

15:58 - Prefeitura determina que alunos rezem 'Pai Nosso' na rede pública

09:45 - Fiéis celebram 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida

Sexta, 08 de setembro de 2017

17:20 - Evento em Sinop comemora os 500 anos da Reforma Protestante

Sexta, 18 de agosto de 2017

11:20 - Espíritas iniciam congresso propondo amor mesmo em dias difíceis


// leia também

Quarta, 13 de dezembro de 2017

18:22 - Natal Iluminado revive movimento contemporâneo com 'Batalha Hip Hop'

17:16 - Ponte Benedito Figueiredo terá trânsito bloqueado durante o período noturno

17:10 - Veja como proteger eletroeletrônicos em tempo de chuva e queda de raios

17:06 - Resgate de vítimas de acidente de avião ainda não foi concluído

16:38 - Historiadora da região do Araguaia morre em acidente na BR-070

14:04 - Inscrições para ingresso na Unemat, via Sisu, começam dia 29 de janeiro

13:54 - Museu de História Natural reabre as portas com programação especial

13:25 - Mutirão fiscal em Várzea Grande vai até o dia 20 de dezembro

10:47 - Piloto, esposa e filho do casal morreram em acidente aéreo

08:10 - Paraquedistas saltam na floresta e fazem buscas pelo solo debaixo de chuva