WhatsApp Twuitter

Sexta, 08 de setembro de 2017, 17h20

Evento em Sinop comemora os 500 anos da Reforma Protestante

Silvana Ribas, especial para o GD


Silvana Ribas

Dia da Igreja reúne cerca de 900 luteranos em evento, na cidade de Sinop (500 km ao norte de Cuiabá), entre os dias 7 e 9 de setembro. Com o tema: Somos luteranos e fazemos parte desta história, representantes de 26 comunidades dos Estados de Mato Grosso, Pará, oeste de Goiás e nordeste do Mato Grosso do Sul já antecipam as comemorações dos 500 anos da Reforma Protestante, festejada em 31 de Outubro.

A data será lembrada em todos os continentes e o Sínodo Mato Grosso, que congrega todas estas comunidades, também faz sua programação especial . Cerca de 7, 5 mil membros que fazem parte da Igreja Evangélica de Confissão Luterana do Brasil (IECLB), são representados no 1º Dia da Igreja do Sínodo Mato Grosso, que começou a ser planejado há 2 anos.

Em sua maioria as comunidades são formadas por famílias de migrantes do sul do país que ocuparam a região, por meio de projetos de colonização. Um deles é Franz Holg, 82, que há 40 anos mora no quilômetro 135 da rodovia Transamazônica, no Pará. Luterano de berço diz que nunca viu tanta gente reunida. "É o povo de Deus vivendo unido uns aos outros, como Jesus pediu".

Para receber os visitantes o parque de exposições da Acrinorte se transformou em alojamento para dezenas de barracas, refeitório e palco para palestras e oficinas. O tema central é a reforma protestante, protagonizada pelo então monge católico Martin Lutero que, em 1517, se rebelou contra a igreja que passou a vender "cartas de créditos" aos fiéis que queriam garantir um lugar no céu.

A vida do líder que instituiu a escola pública, democratizando o ensino para homens e mulheres de todas as classes sociais no seculo XVI e a chegada dos primeiros imigrantes alemães em Nova Friburgo, no Rio de Janeiro, onde nasceu a primeira comunidade evangélica no Brasil, em 1824.

Não há como separar Lutero da educação, pois o líder foi o primeiro a traduzir a bíblia do latin para a língua alemã. Para ele, o Estado tinha a obrigação se levar ao cidadão educação para que ele pudesse ler a bíblia e ter o entendimento da palavra de Deus.

Para o pastor Nilo Orlando Christmann, que preside o Sínodo Mato Grosso, a gratidão a Deus motivou o encontro de todos os que viajaram centenas de quilômetros vara ouvir a palavra de Deus. "O justo viverá por graça e fé, lembra o pastor Martin Dreher, pois nós, por nossos próprios meios não teríamos direito a salvação, que depende unicamente da graça e misericórdia de Deus". O evento se encerra às 9h do sábado (9) com um culto.



// matérias relacionadas

Quinta, 12 de outubro de 2017

15:58 - Prefeitura determina que alunos rezem 'Pai Nosso' na rede pública

09:45 - Fiéis celebram 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida

Sexta, 18 de agosto de 2017

11:20 - Espíritas iniciam congresso propondo amor mesmo em dias difíceis

Terça, 25 de julho de 2017

10:00 - Réplica fiel de Aparecida peregrina por 9 cidades de MT


// leia também

Quarta, 18 de outubro de 2017

19:52 - TJ autoriza nomes de 2 pais no registro de menino em Jaciara

18:49 - Negociação de débitos em Várzea Grande registra mais de 480 acordos

18:01 - Agricultor registra redemoinho de areia em fazenda no Mato Grosso. Veja o vídeo

15:20 - Curso para uso de cães no trabalho dos bombeiros começa quarta-feira

13:10 - Liminar que proíbe enfermeiros de pedirem exames agrava caos na saúde

08:38 - MPE e parceiros investigam origem da contaminação do Córrego Peraputanga

Terça, 17 de outubro de 2017

18:05 - Termina licença da tenente Ledur; familiares de Rodrigo fazem homenagem e protestam

16:00 - Colisão frontal resulta em morte na BR-364 em Pedra Preta

15:36 - Homens também devem ficar atentos a câncer de mama

08:45 - Energisa exige escritura para religar a energia e é condenada na Justiça