WhatsApp Twuitter

Quarta, 10 de janeiro de 2018, 17h25

sinal interrompido

Oi é multada por bloquear telefone e atrapalhar grampos da PJC

Redação do GD


A empresa de telefonia Oi foi multada em R$ 27 mil por interromper por 2 dias os serviços de telefonia em uma linha usada pela Polícia Civil para interceptações telefônicas.

A suspensão do serviço ocorreu nas datas de 25 e 26 de fevereiro  e prejudicou interceptações contra 151 alvos da PJC. 

De acordo com a Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp) e a Controladoria Geral do Estado (CGE), a empresa interrompeu sem justificativa a linha do E1, totalizando 200 DDRs (Discagem Direta a Ramal). 

Depois do episódio, um processo administrativo foi aberto contra a empresa  no qual ficou caracterizada a inexecução do contrato número 035/2014 assinado com a Sesp. 

O processo administrativo foi instaurado por meio de uma portaria conjunta entre CGE e Sesp, publicada no Diário Oficial do Estado do dia 6 de dezembro de 2016, com fundamento na Lei de Licitações (Lei Federal n. 8.666/1993).

A punição foi imposta por ambas as Pastas e a sanção publicada no Diário Oficial do Estado que circula nesta quarta-feira (10). “As sanções por inexecução contratual não são somente para pré-liquidar perdas e danos, mas também um reforço para que a parte (empresas contratadas) cumpra sua obrigação de maneira pontual e integral. A punição é uma condição inafastável do dever de Estado. A capacidade de punir é também um distintivo para um ambiente de governança”, observa o secretário-controlador geral do Estado, Ciro Rodolpho Gonçalves. (As informações são da assessoria da CGE)



// matérias relacionadas

Quarta, 20 de junho de 2018

11:19 - Pleno do TCE mantém suspensa licitação de R$ 202 milhões do governo Taques

Terça, 19 de junho de 2018

17:47 - Grupo internacional deve investir R$ 18 milhões em Mato Grosso

Sexta, 15 de junho de 2018

13:14 - Governo destinará 20% do Fundo da Saúde aos hospitais filantrópicos

12:26 - Ciro Rodolpho deixa Controladoria e assume a Casa Civil

Quinta, 14 de junho de 2018

18:35 - Júlio Modesto pede demissão da Casa Civil

Quarta, 13 de junho de 2018

15:12 - TJ nega suspeição e deixa coronéis julgar ação dos grampos contra PMs

Terça, 12 de junho de 2018

16:10 - Duplicação de trecho urbano da Estrada da Chapada entra na reta final

Sexta, 08 de junho de 2018

13:10 - Governo de MT antecipa e paga todos os servidores nesta sexta-feira

13:05 - Mauro Savi é ouvido como testemunha em inquérito da 'grampolândia pantaneira'

Quarta, 06 de junho de 2018

17:04 - Bolívia autoriza voo comercial entre Cuiabá e Santa Cruz de La Sierra


// leia também

Quarta, 20 de junho de 2018

11:30 - Servidores aniversariantes de maio recebem 13°

09:50 - Sine oferta mais de 1.500 vagas de emprego em Mato Grosso

07:30 - Família de esteticista diz que laudo deu respaldo para punir envolvidos

Terça, 19 de junho de 2018

18:17 - Governo do Estado rompe contrato com empresa responsável por obras de aeroporto

16:15 - Prefeitura de Cuiabá abre seletivo com 4 mil vagas e salários de até R$ 3,2 mil

14:35 - Bebê indígena continua internada em UTI em estado grave

13:35 - Homem morre após perder controle de moto e cair em estrada vicinal

12:15 - Alunos e professores da UFMT decidem retomar as aulas dia 25

09:00 - Morre trapezista que caiu durante apresentação

07:44 - Carreta carregada com agrotóxicos tomba na 364