WhatsApp Twuitter

Sábado, 13 de janeiro de 2018, 09h15

Novo sistema de transporte intermunicipal deverá incrementar turismo

Redação do GD


O turismo em Mato Grosso será incrementado com o lançamento do novo sistema de transporte intermunicipal do Estado, que visa garantir aos turistas e usuários melhor qualidade de serviços e passagens mais baratas.

O lançamento aconteceu nesta sexta-feira (12), pelo governador Pedro Taques, em solenidade realizada na Rodoviária de Cuiabá. Na ocasião, foi assinada a ordem de serviço com a empresa Novo Horizonte, vencedora das concessões dos ônibus que irão atender as regiões de Rondonópolis e Alta Floresta.

Gcom-MT

O sistema de transporte coletivo rodoviário intermunicipal de Mato Grosso foi dividido em 8 mercados (regiões), com duas categorias de serviços: uma básica e outra diferenciada, totalizando 16 lotes.

O serviço diferenciado tem linhas diretas, que são as que atendem Rondonópolis e Alta Floresta. Já no serviço básico os ônibus fazem paradas em diversas localidades, conhecidos como “pinga-pinga”.

A empresa Novo Horizonte irá atuar nos mercados 2 (Rondonópolis) e 7 (Alta Floresta), com a proposta de qualidade com preços reduzidos. A Novo Horizonte está no mercado há 50 anos, é uma empresa baiana que atua em 13 estados, inclusive em Mato Grosso.

Para atuar em Mato Grosso, a Novo Horizonte incrementou sua frota, adquirindo 29 ônibus novos e gerando 200 novos empregos. Os novos ônibus são de dois andares, com wi-fi, carregadores de USB nas poltronas e o preço é o grande diferencial.

“Foi uma ação fundamental do governador Pedro Taques para o turismo de Mato Grosso, que enfrentou com coragem essa questão que se arrastava há anos. Os turistas terão garantia de um atendimento realizado com qualidade, com valores justos. Mais conforto para que a população possa conhecer este nosso estado que oferece inúmeras atrações turísticas”, destaca o secretário adjunto de Turismo, Luís Carlos Nigro.

O novo sistema de transporte intermunicipal de Mato Grosso é resultado do trabalho em parceria realizado pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra) e Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos e Delegados (Ager). O preço final das novas passagens será oficializado em breve pela Ager. (As informações são da assessoria)



// matérias relacionadas

Sexta, 15 de junho de 2018

13:14 - Governo destinará 20% do Fundo da Saúde aos hospitais filantrópicos

12:26 - Ciro Rodolpho deixa Controladoria e assume a Casa Civil

Quinta, 14 de junho de 2018

18:35 - Júlio Modesto pede demissão da Casa Civil

Quarta, 13 de junho de 2018

15:12 - TJ nega suspeição e deixa coronéis julgar ação dos grampos contra PMs

Terça, 12 de junho de 2018

16:10 - Duplicação de trecho urbano da Estrada da Chapada entra na reta final

Sexta, 08 de junho de 2018

13:10 - Governo de MT antecipa e paga todos os servidores nesta sexta-feira

13:05 - Mauro Savi é ouvido como testemunha em inquérito da 'grampolândia pantaneira'

Quarta, 06 de junho de 2018

17:04 - Bolívia autoriza voo comercial entre Cuiabá e Santa Cruz de La Sierra

Segunda, 04 de junho de 2018

12:34 - Taques comete gafe pró-Leitão e bancada revida

10:10 - Crise entre Taques e bancada faz secretário de Aviação suspender visita a MT


// leia também

Segunda, 18 de junho de 2018

18:46 - Prefeitura obtém Certidões Negativas de Débito e pode contrair empréstimo

18:36 - Prefeitura inaugura UBS e Sistema de Tratamento de Água em Chapada

15:03 - Tribunal de Justiça mantém bloqueio de 15 imóveis que pertenciam a Eder

14:42 - Frio continua pelos próximos dias em MT e mínima chega aos 13º

13:32 - MPE emite nota contra estadualização do Parque Nacional de Chapada dos Guimarães

13:15 - VG atinge meta de vacinar 90% dos grupos prioritários contra a gripe

13:10 - Dentistas denunciam Prefeitura por descaso e falta de materiais em clínicas - veja fotos

11:41 - Criança se perde do pai e morre afogada em lago de sítio

10:56 - Caminhoneiro morre ao tombar carreta com bois

09:45 - Câmeras de videomonitoramento voltam a autuar carga pesada após suspensão