WhatsApp Twuitter

Sexta, 02 de março de 2018, 10h54

Cuiabá promove mutirão de exames e consultas e espera atender mil pessoas

Oziane Rodrigues, repórter Secom/Cuiabá


Divulgação

Cerca de 1.000 pessoas serão beneficiadas pelo 1º Mutirão de Exames e Consultas Especializadas que será realizado pela Central de Regulação do Sistema Único de Saúde da Capital, neste sábado (3), das 8h às 18h, no Centro de Especialidades Médicas (CEM). O evento contará com o apoio do Hospital Municipal São Benedito, Medclin - Imagem e Laboratório, Diag Rag e AFIP Medicina Diagnóstica. Serão contempladas as especialidades de cardiologia, oftalmologia, urologia, tomografia, ultrassonografia, densitometria óssea, raios-X e mamografia.

De acordo com a secretária Municipal de Saúde, Elizeth Araújo a ação faz parte de uma série de medidas de impacto que estão sendo realizadas pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) para oferecer humanização e, sobretudo, celeridade e transparência às 58.036 pessoas que aguardam por consultas especializadas e ainda às 130.783 por exames.

Outro objetivo segundo ela é apurar o real quantitativo da fila e combater o índice de absenteísmo (pacientes que não comparecem aos procedimentos marcados) que chega a 62%. “Parte dessas pessoas já tiveram a solicitação autorizada e marcada, mas não compareceram. Como a Central possuía imensa dificuldade de contato, o número de absenteísmo foi ficando cada vez maior. Diante disso, nossa primeira medida emergencial de reestruturação da Central é liquidar as filas de espera e dar resolutividade para os casos de saúde paralisados. E faremos isso com o Mutirão. É só o começo, outras ações também estão sendo realizadas para humanizarmos e darmos transparência a todos os serviços ofertados pela Central de Regulação", explicou Elizeth Araújo.

A secretária adjunta de Planejamento e Operações, Dúbia Beatriz Oliveira Campos ressaltou que para a triagem dos participantes, a SMS reestruturou a recepção, que passou a contar com profissionais ‘acolhedores’ e assistentes sociais e investiu em equipamentos e logística de ‘call center’, com o intuito de alcançar o máximo de contatos possíveis. “Com essas mudanças fizemos uma força-tarefa para buscar o perfil que seria atendido neste mutirão. Os trabalhos foram de 09 de janeiro a 20 de fevereiro onde conseguimos realizar 30.045 ligações e desta triamos 1.000 com o perfil das especialidades que serão ofertadas”, disse.

Absenteísmo

De acordo com a coordenadora, Lileine Lúcia da Silva mais 500 pessoas poderiam ser beneficiadas neste mutirão caso tivessem sido encontradas. “Das 30.045 ligações realizadas apenas 16.543 obtiveram sucesso. Ou seja, quase 50% dos telefones informados nos cadastros dessas pessoas não estão mais disponíveis. Esse fato foi constatado pelo nosso call center, pois das ligações sem sucesso, boa parte deu caixa postal e outra não atenderam as chamadas. Na prática, foi isso o que aconteceu com essas 500 pessoas que poderiam ser beneficiadas pela 1ª edição do mutirão”, enfatizou a coordenadora.

O superintendente da Central de Regulação, Hércules Castilho informa que essas pessoas que estão com essas modalidades de consultas e exames pendentes devem procurar a Central ou ligar nos telefones (65) 3616-9149/9146 para atualizar o cadastro e serem inseridas no próximo mutirão. “A intenção da SMS é seguir a fila por ordem cronológica, mas para isso, as ligações precisam ter retorno do paciente a fim que o mesmo, compareça às ofertas disponíveis. Por isso, convocamos a todos que estejam com procedimentos pendentes para que compareçam na Central e atualizem os cadastros. Como índice de absenteísmo é grande, apenas com essas força-tarefas conseguiremos conhecer a demanda real e atender com o máximo de celeridade todas as solicitações da nossa unidade”, finalizou.



// matérias relacionadas

Terça, 19 de junho de 2018

09:06 - Governador afirma que equipamentos do Pronto Socorro já estão sendo negociados

Segunda, 18 de junho de 2018

08:31 - Número de obesos entre jovens mais que dobra em uma década

Sexta, 15 de junho de 2018

11:29 - Prefeitura tem aval do Estado para alugar equipamentos hospitalares

Quinta, 14 de junho de 2018

21:00 - Pelo menos 1,6% da população brasileira doa sangue; jovens são maioria

17:20 - Mulher aguarda 13h para ser atendida na UPA e marido se revolta

Quarta, 13 de junho de 2018

09:56 - Três em cada quatro idosos que fraturam o fêmur têm osteoporose

Sexta, 08 de junho de 2018

13:20 - Fundo emergencial de R$ 183 milhões não está atrelado à saúde, diz Botelho

Terça, 05 de junho de 2018

09:22 - Menina com hipotireoidismo ganha liminar, mas não consegue exame em hospital

Segunda, 04 de junho de 2018

12:52 - ANS suspende comercialização de 31 planos de saúde por reclamações

Quinta, 31 de maio de 2018

08:52 - Em Mato Grosso, 11 mortes estão confirmadas por Influenza


// leia também

Sexta, 22 de junho de 2018

12:39 - Motocicleta bate na traseira de caminhão e 2 homens morrem

10:50 - Motorista desvia de saco de lixo e capota carro

08:59 - Cuiabanos se aglomeram em praças e restaurantes para torcer pelo Brasil - vídeos e fotos

08:48 - Loja de rodas sofre incêndio após curto-circuito em Várzea Grande

Quinta, 21 de junho de 2018

17:52 - Corpo de homem que morreu afogado em córrego é encontrado

17:41 - Polícia prende homem que planejava atear fogo na casa da ex em Sinop

15:50 - Colisão entre carreta e Fiesta mata criança e deixa motorista ferido

15:25 - Jogo do Brasil e ponto facultativo alteram alguns serviços - confira expedientes

14:15 - Carretas batem de frente em rodovia e motorista morre preso às ferragens

09:05 - Advogado capota caminhonete e universitária morre na MT-170